Caos, o ambiente perfeito para a inovação de ruptura

Ninguém, em tese racional, deseja o caos, pelo menos para si. E, por bom senso, pelo sofrimento e problemas sociais que tem o potencial de causar, como estamos vivendo hoje, penso que nunca deveria ser desejado para nenhum ambiente, por mais que as estratégias por trás dele possam funcionar, e até mesmo gerar algum tipo de retorno.

Mas, na verdade, ele acontece muitas vezes de forma planejada, como por exemplo, no mercado financeiro, onde, infelizmente, estratégias deterministicas podem ser cada vez mais escritas por quem possui mais forças para isso, tanto de capital como de tecnologia, e assim por diante, mesmo com os esforços de proteção dos legisladores.

Seja como for, assim como as crises em geral, o caos está sempre pronto para bater na porta, com as suas mais variadas dimensões.

Entretanto, o lado positivo do caos é que ele cria o ambiente perfeito para a inovação de ruptura, e portanto uma excelente oportunidade para os empreendedores, nos mais variados níveis, criarem soluções totalmente fora da caixa.

E, sem dúvida, estamos vivendo esse momento, e muitas tecnologias de ruptura estão sendo criadas, tanto em relação ao novo normal, quanto ao avanço da Inteligência Artificial em novas frentes, com abertura cada vez maior para testes.

Mas, infelizmente, justamente no momento onde as oportunidades se mostram tão relevantes, e proporcionais às necessidades, muitas pessoas e organizações decidem pelo caminho contrário, que é o de não correr riscos ou ainda investir em inovação.

___
Por Rogerio Figurelli em 09/12/2020
Senior IT Architect & Solutions Consultant
https://www.linkedin.com/in/figurelli/